Em novembro de 1958, uma embarcação chegou ao cais do ICRJ tendo a bordo o sócio Manoel Azevedo Leão e seu irmão Aristides Leão. Haviam saído ao mar naquele dia para tentar provar que, não muito longe da nossa costa, naquela época do ano, os ambicionados "Bicudos" passavam em sua rota migratória através das águas azuis.  Conseguiram provar a teoria e trouxeram os primeiros exemplares capturados em águas brasileiras, iniciando-se assim a história desportiva do Iate Clube do Rio de Janeiro 

Manoel Azevedo Leão e seu irmão Aristides Leão com peixes de bico.

©2019